NOTA DE ESCLARECIMENTO DO MOVIMENTO POLÍTICO CULTURAL JUREMA PRETA 


O movimento político – cultural JUREMA PRETA, vem por meio desta, esclarecer a população do município de Pesqueira, a interrupção do evento O SOL NÃO NASCE QUADRADO, sessão cineclubista, marcada para o dia de 17 de Março de 2018, por conta da operação BAR SEGURO, executada pela SDS – PMPE – DINTER I – 8° CIPM.

Ainda quando terminávamos de organizar o espaço para dar inicio a atividade, fomos surpreendidos pela visita da PMPE, acompanhados do corpo de bombeiros, que solicitava alvará para funcionamento com as medidas de segurança, tais como, extintores e portões de saída de emergência entre outros, apresentaram a operação “BAR SEGURO”, e ainda que tenhamos argumentado que o espaço não era um BAR, mas uma ONG, instituição pública de direito privado que compartilha a sua sede, com o movimento JUREMA PRETA, que mantém atualmente sessões em caráter regular, executando o projeto Cineclube JUREMA PRETA, aprovado no 9° edital do FUNCULTURA da FUNDARPE, fomos interditados, por alegação de não cumprimento aos requisitos legais referentes as questões de segurança para espaços de concentração de pessoas. Nos colocando contrários as medidas confusas e desproporcionais, tendo em vista o bloqueio imediato do espaço de realização de atividades culturais, sem nos dar tempo hábil à regulamentação, e cumprindo os requisitos do edital em relação as exibições, a atividade foi realizada no espaço externo do ambiente, contando com a presença de além da organização e artistas, um grupo de jovens do município. A intervenção limitou o uso do espaço da nossa sede para execução da programação, nos forçando a mudar de imediato a dinâmica da atividade para cumprir o planejamento, e manter a programação já anteriormente divulgada, na ocasião, aconteceu uma exibição cinematográfica, seguida de debate, intervenção teatral e musical. Atuando no município há oito anos, o movimento político – cultural JUREMA PRETA, se posiciona contrário a interdição, por entender que um espaço de atividades culturais, de bens de natureza material e imaterial, coletivo, que trabalha com várias formas de expressão, não pode ser confundido com um BAR, por que não atuamos nesse ramo, todas as atividades comerciais desenvolvidas no espaço são para manter as instituições que ali são sediadas, pois, como movimento e para promover nossas ações, precisamos de um fundo coletivo que financie o trabalho. Desta forma, nos colocamos a disposição em relação as quaisquer dúvidas e ressaltamos a importância da criação do debate em volta dos espaços de atividades culturais no município, entre aqueles que o fazem e aqueles que inspecionam, criando talvez a possibilidade de uma relação harmoniosa de comum respeito, gostaríamos também de deixar claro que, a fotografia com a foto de um dos nossos companheiros rodando em grupos das redes e mídias sociais não é uma ação acertada, pois devemos preservar a identidade e o direito de imagem da sociedade civil, pedindo encarecidamente que essas fotografias sejam apagadas de imediato por quem as tenha sido publicadas.

Sem mais delongas,
Coletivo JUREMA PRETA
Pesqueira, 19 de Março de 2018.

Esta publicação foi postada por FEPEC.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: